Prazo para responder ao Censo do Poder Judiciário encerra-se em 17 de junho

O Conselho Nacional de Justiça pretende fazer uma comparação com os dados coletados em 2013 acerca das características pessoais e profissionais de magistrados e servidores

Anajus Notícias
15 de maio de 2023

O prazo para preenchimento do Censo do Poder Judiciário encerra-se no próximo dia 17 de junho. Isso significa que os servidores e magistrados têm essa data limite para enviarem o formulário da pesquisa. De acordo com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que está coordenando o estudo, a meta é aprimorar ações e políticas por meio de um perfil de todos os tribunais e conselhos.

Depois de 10 anos, o CNJ, por meio do Departamento de Pesquisas Judiciárias (DPJ), realizará o novo Censo do Poder Judiciário.. O órgão pretende fazer uma comparação com os dados coletados em 2013. Assim, poder apresentar dados atualizados acerca das características pessoais e profissionais de magistrados e servidores, em uma perspectiva atualizada de acordo com as políticas judiciárias recentes.

Em 2013, o censo foi respondido por 64% dos magistrados (quase 11 mil) e 60% dos servidores (mais de 170 mil) de todo o Poder Judiciário. Em linhas gerais, a pesquisa propicia manter um registro histórico do perfil da magistratura e do quadro funcional do Poder Judiciário. Também será possível conhecer a opinião sobre a carreira e ambiente de trabalho, além de outras questões relevantes para monitoramento das políticas judiciárias nacional em curso.

Os questionários só serão disponibilizados aos CPFs informados de maneira anonima. Em nenhuma hipótese, será realizado qualquer tipo de cruzamento de informações de forma a identificar o respondente, garante o CNJ.

O CNJ também informa que não haverá qualquer divulgação de dados individuais, mas apenas resultados agregados com base em resultados e dados estatísticos. Está garantido o sigilo das informações e o cumprimento da Lei n. 13.709, de 14 de agosto de 2018 (Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD).

O acesso ao questionário é possível pelo seu CPF. Caso este não esteja cadastrado, envie e-mail para censo@cnj.jus.br. O tempo médio de preenchimento é curto, estimado entre cinco e 10 minutos. (Com informações do CNJ)