Vídeo: servidores protestam em aeroporto contra reforma administrativa

O objetivo é pressionar parlamentares que chegam a Brasília de avião. Servidores pedem que Lira desista da proposta

METRÓPOLES
Talita Laurino – 22/11/2021

Um grupo de servidores públicos protesta, nesta segunda-feira (22/11), no aeroporto de Brasília contra a reforma administrativa. A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados.

De acordo com líderes dos Sindicatos do Fórum Nacional dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), a atividade ocorrerá toda segunda e terça-feira, no mesmo local, “até que Lira desista da proposta”. O objetivo dos presentes é pressionar parlamentares que chegam a Brasília de avião. Veja vídeo do protesto:

Além do aeroporto, os manifestantes também irão se reunir em frente ao Anexo 2 na Câmara dos Deputados a partir desta terça-feira (23/11).

Antônio Alves, coordenador-geral da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), disse ao Metrópoles que os votos estão sendo revertidos, mas avaliou que, “com o orçamento secreto, tudo pode mudar”.

“Essa PEC é o desmonte do estado brasileiro. Vão jogar o serviço no privado para empresas ganharem lucro sem atender a população”, afirmou.

Na semana passada, o presidente da Câmara, Arthur Lira, criticou o governo por não se mobilizar pela aprovação da reforma administrativa. Segundo ele, há um “apoio pálido” ao texto. Lira acredita que a reforma não será aprovada neste ano. “Temos basicamente quatro a cinco semanas de votação”, lembrou, já que o Congresso entra em recesso no final do ano. “Não temos como trazer essa matéria com as discussões como se encontram”, completou.

Para o texto ser aprovado, são precisos, no mínimo, 308 votos a favor, em votação de dois turnos. A proposta mantém a estabilidade, mas também a possibilidade de redução de jornada de trabalho e de salários de servidores públicos em até 25% em caso de crise fiscal.

Para ver a notícia na fonte, clique aqui.